FOME

A fome é um dos principais problemas enfrentados pelo mundo atualmente.

A fome ocorre em muitos lugares, geralmente em países enfraquecidos economicamente (alguns na África, outros na Ásia e na América do Sul), mas esse problema não é exclusivo de países ou regiões pobres. Também se manifesta nas zonas de grandes e pequenas cidades de países ricos.

Durante muito tempo, os políticos achavam que o problema da fome agravava-se com o crescimento das populações e a falta de recursos alimentares para elas. Hoje, no entanto, sabemos que isso não é verdade, pois a tecnologia nas produções agropecuárias e demais tipos de alimentos é bastante avançada, de forma que os atuais níveis de produção são mais que suficientes para alimentar todo o mundo. O problema é que essa produção ocorre de forma desigual. Alguns países produzem mais e outros produzem menos, factor que está diretamente relacionado às características económicas e políticas pelas quais passam esses países.

O Programa Alimentar Mundial é a maior agência humanitária do mundo que fornece em média a cada ano, alimentos a 90 milhões de pessoas em 80 países, incluindo 58 milhões de crianças. A PMA é a filial de auxílio alimentar da Organização das Nações Unidas.

Em 2006, a PMA distribuiu 4 milhões de toneladas de alimentos a 87,8 milhões de pessoas em 78 países; 63,4 milhões dos beneficiados foram ajudados em operações de emergência, incluindo vítimas de conflitos, desastres naturais e dificuldades económicas em países como Quênia, Líbano e Sudão. As despesas diretas alcançaram U$$ 2,9 bilhões, com a maior parte do dinheiro sendo gasto em Operações de Emergência e nos Casos de Necessidade Imediata. A maior operação da PMA em 2006 ocorreu no Sudão, onde o programa alcançou 6,4 milhões de pessoas. Em segundo e em terceiro lugar estão, respectivamente as operações na Etiópia e no Quênia.

Um bilhão de pessoas não tem o que comer. A cada três segundos, alguém morre de fome.

Comment Stream