Coisas que a gente não conta para ninguém

Porque todo mundo sempre tem algo a confessar

Muitas vezes no Messenger, eu deixo meu status de “offline” sem estar. É que, em alguns momentos, eu quero navegar sem janelas pipocando aqui e acolá . E daí alguém há de perguntar “então por que não desliga logo a coisa, bobalhona?”. É que eu gosto de saber quando chega e-mail fresquinho e quero saber quem esta online.

Por pura preguiça, uma vez eu lavei um pano de prato,uma calça jeans, duas toalhas de banho, umas seis camisetas entre coloridas e brancas e dois pares de meias tudo junto na mesma máquina.Nem precisa falar que manchou tudo.

Eu acho o Freddy Prinze Jr. um fofo desde que ele fez uma participação especial em “Friends”, interpretando um babá-homem. Fofo!

Não assisto mais telejornais, porque toda vez que assisto, eu choro de ódio.

Na ultima Copa do Mundo, eu torci pra Inglaterra. E o Brasil nem tinha sido eliminado ainda.

Adoro qualquer aparelho eletronico e qualquer coisa moderna, mas não sei usar palm, apanho da filmadora, ignoro para que servem os cabos que saem lá de trás da televisão ,  e não consigo zerar nenhum jogo do plasystation .

“Macarena” é uma das piores porcarias que eu já escutei,mas todas as vezes que toca nao resito a tentacao de dançar.Ainda mais se já bebi demais e estou no meio de amigos.

Queria de verdade ir num show do Roupa Nova,Sandy e Juniot e cantar as conhecidas com as mãos pro alto e olhinhos fechados.E ainda chorar de emoção.

Se o Jack de Lost me pedisse em casamento,eu casava.E ainda iria morar com ele naquela ilha perdida e cheia de confusão.

Eu converso no cinema. Mas sempre desligo o celular! E faço “Eeee!” pra quem deixa o aparelhinho tocar só para ser chata.

Chorei hoje de raiva e tristeza,porque estou morrendo de saudades dos meus amigos de Londres.

Agora confesse alguma coisa, antes que eu me sinta muito mal.

@fluoxetinagirl